• José Luís Peixoto

PALACETE CHAFARIZ D'EL REI, LISBOA, PORTUGAL

Palacete Chafariz d'el Rei




Como será aquela casa por dentro?, pensaram mil pessoas

em diferentes instantes ao longo de um século. Algumas

ficaram para sempre com essa dúvida, passaram durante

a vida inteira diante desta casa. Mas nós estamos agora aqui,

avançamos pelo corredor como se avançássemos ao longo

do que imaginámos. Os espelhos refletem-nos no interior

deste sonho. As cores são nítidas não apenas nos vitrais.

É tão difícil ser diferente, é tão difícil divergir daquilo que

nos destinaram. As colunas são como troncos, os candelabros

são como copas de árvores brilhantes, desenhadas por alguém

sem limites, o dourado como guia. Admiramo-nos com os

objetos e, nervosos conforme crianças, os objetos admiram-se

connosco. Estamos agora aqui, como será o mundo lá fora?





Poema de José Luís Peixoto

Foto de Patrícia Santos Pinto


Ler AQUI sobre a história do Palacete Chafariz d'el Rei.



© José Luís Peixoto

  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Instagram Ícone
  • Cinza ícone do YouTube