• José Luís Peixoto

CASTELO MENDO, PORTUGAL

Atualizado: Mai 19



Castelo Mendo







Recordamos séculos em que não vivemos,

como se a saudade fosse maior do que

a memória.

Nos guizos de um rebanho de cabras,

também há um alfabeto.

O pelourinho não saberia dar-nos respostas

se já tivéssemos esquecido

o inverno passado.

Guardamos as primeiras perguntas para a

primeira pessoa que descer esta rua,

as suas rugas também têm uma história.

Depois e só depois, folheamos o grande livro

de pedra e de musgo. Somos capazes

de ler sombras na aragem.




Texto de José Luís Peixoto

Foto de Patrícia Santos Pinto


© José Luís Peixoto

  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Instagram Ícone
  • Cinza ícone do YouTube